Constante Cativeiro

from Hecatombe by Plague Rages

/

lyrics

Uma bala no peito para aliviar a dor
Um futuro roubado em instantes de horror
A tragédia oculta num beco sem saída
Um rosto já sem vida desconhece alternativas

O sangue estagnado
O crime escancarado
Sempre banalizado
E entregue ao descaso
Uma prévia do medo
Que ainda está por vir
Uma vida de sofrimento
Preconceito sem fim

Sem forças pra poder fugir dali
Minutos são como horas
Escrava de um convívio hostil
Condenada em seu corpo

Os sonhos de uma vida normal
Terão seu fim às margens da moral
Os sonhos de uma vida normal
Terão seu fim às margens da moral

credits

from Hecatombe, released April 21, 2021

license

all rights reserved

tags

about

Plague Rages São Paulo, Brazil

Grindcore from São Paulo/SP - Brazil since 1996.

contact / help

Contact Plague Rages

Streaming and
Download help

Report this track or account

If you like Plague Rages, you may also like: